Definição do amor


O amor não é algo que se amarra,
Não é obrigação momentânea,
Nem acontece por capricho
Ou querer individual.

É um sentimento desequilibrado
Que surge na esquina,
Em um domingo de lua cheia
Ou até mesmo no encontrar de olhares estranhos.

É um silêncio forasteiro,
Enlace das mãos,
Junção de seres,
Encontro compulsivo de quereres.

É uma fantasia descontrolada,
Uma ambição ridícula,
Razão sem razão,
Esperança para quem não tem esperança.

O amor... Ah, o amor!
É o céu,
E ao mesmo tempo o inferno
De quem ama.

7 comentários:

  1. Simplesmente lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Adorei.

    ResponderExcluir
  2. O privilégio dos amantes
    e a maldição dos exitantes...

    ResponderExcluir
  3. E quem pode definir com exatidão o que é o amor? Adorei! parabens!

    ResponderExcluir
  4. Olá.

    Muito bom... bela Poesia e interessante definição do Amor.
    Meus parabéns... estarei olhando mais textos por aqui.

    Bom dia.

    ;D

    ResponderExcluir

Como foi maravilhoso receber você aqui no "Poesia Impulsiva". Fique a vontade para comentar e até mesmo voltar quantas vezes quiser.

Leia antes de fazer seu comentário:

* Os comentários do Blog são moderados e serão liberados após constatação de que estão de acordo com assuntos do post;

* Podem comentar no blog qualquer pessoa devidamente identificada;

* Palavras ofensivas não serão aceitas e consequentemente removidas;

* Os comentários não refletem a opinião da autora.